terça-feira, 19 de abril de 2011

Shih tzu Europeu e Shih tzu americano

Existe apenas um tipo de raça Shih Tzu - O que os monges tibetanos deram aos imperadores chineses. Este cão tem uma história de mais de 3000 anos. No entanto, a primeira menção sobre os Shih Tzu é de cerca de 1400 anos atrás, quando a história narrada dizia que os monges tibetanos deram de presente exemplares desses cães para os imperadores da dinastia Manchu. Naquela época, esses cães foram deixados a cargo dos eunucos do palácio que competiram uns contra os outros para obter os melhores exemplares para reprodução.

Naquela época, o "Cão Leão” foi considerado amuleto de boa sorte e foi muito valorizado na China e, posteriormente, na Ásia. Este primeiro cão chegou à Europa quando Lady Browning trouxe essa espécie maravilhosa para a Inglaterra. Como ele teria sorte. O temperamento dos cães exibido à sociedade silenciosa e introspectiva na Inglaterra, e o Shih Tzu foi um grande sucesso lá.

AKC Reconhecimento

Durante a II Guerra Mundial, soldados americanos encontraram esse cão maravilhoso e se apaixonaram por ele também, então trouxeram exemplares com eles para os EUA e, em 1969, o Shih Tzu foi finalmente reconhecido pelo American Kennel Club. Gradativamente, essa raça se tornou o animal de estimação preferido em todo o mundo. Hoje você pode encontrar o Shih Tzu onde quer que vá, esse cachorro é lindo e com excelente temperamento acima de tudo.

Baseado em sua história, existem dois Padrões para a raça Shih Tzu, mas não como dizem, que tem o padrão Europeu e o padrão Americano simplesmente. O mesmo criador não deve criar os dois padrões ou se o faz, deve fazê-lo de forma separada.

Existe sim os padrões que devem ser seguidos para os criadores filiados à FCI-Bélgica, que é o padrão Europeu, ou Padrão FCI para o Shih Tzu, e o Padrão que deve ser seguido pelos criadores filiados a AKC- Estados Unidos que é o padrão Americano, ou Padrão AKC para o Shih Tzu.

Como no Brasil a maioria dos Clubes, e por consequência os criadores são filiados a FCI-Bélgica, eu diria que não há motivo nem ética em reproduzir exemplares no padrão Americado, salvo aqueles que são filiados ao American kennel Club. Mas vamos ver, em resumo as diferenças nos padrões:

O Padrão AKC para o Shih Tzu (Americano)

1. Suas pernas são mais altas e as pernas da frente são mais alinhadas com o peito, ou seja, mais para frente.
2. O peito é pequeno.
3. A cabeça é mais ou menos quadrada e menor sobre um pouco mais longo e mais fino.
4. Os olhos são pequenos.
5. Os ombros são mais para a frente.

O padrão FCI para o Shih Tzu (Europeu)


 
1. As pernas são menores e parecem estar ligeiramente dobradas.
2. O peito é largo e imponente.
3. A cabeça é maior e redonda e o pescoço é um pouco mais curto e robusto.
4. Os olhos são salientes e grandes.
5. Os ombros deste levemente inclinados para trás.

Estes tipos de Shih Tzu são de raça pura.
Há um bom número de cães Shih Tzu que são passados como puros, mas não são. E estes são os Shih Tzu Imperial, o Mini Shih Tzu, o Teacup Shih Tzu e muitas outras variações criadas para enganar o comprador.
Embora os criadores estejam vendendo esses cães como sendo Shih Tzu e estando dentro do padrão da raça, não são realmente reconhecidos por qualquer Kennel Clube, Associação ou Federação e nível nacional ou internacional.
Estes cães são geneticamente defeituosos e não é uma boa idéia comprar um Shih Tzu que não esteja dentro do padrão. Cães Shih Tzu com peso e/ou tamanho abaixo do padrão são cães sujeitos a problemas renais e hepáticos com o passar dos anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário